Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


AUMENTA A DEMANDA POR SERVIÇOS NA AGRICULTURA

Publicado em 29/08/2017 às 09:41 - Atualizado em 29/08/2017 às 09:42

Nesta segunda-feira (28), o Secretário Municipal de Agricultura de Cordilheira Alta, Marcelo Paulo Graciani, participou da reunião da câmara municipal de vereadores onde explanou sobre os serviços prestados aos agricultores nos primeiros seis meses do ano.

Graciani apresentou um demonstrativo financeiro detalhado aos vereadores, com as receitas do setor, despesas e incentivos concedidos aos agricultores através do programa Porteira Adentro. O Secretário apresentou números do primeiro semestre como horas trabalhadas, comparados ao mesmo período de  2014, 2015 e 2016, o que comprovou um aumento no número de atendimentos em 2017. Em comparação com 2014, os primeiros seis meses de 2017 foram fechados com 837 horas trabalhadas a mais. Na comparação com 2015, o acréscimo é de 770 horas e comparando o mesmo período de 2016, neste ano já foram executadas 925 horas a mais de serviços prestados aos agricultores. O Secretário atribui o aumento no número de atendimentos à elevação da demanda, ao parque de máquinas que vem sendo ampliado constantemente. “Não fizemos esta comparação para dizer que nossa administração trabalhou mais do que os gestores anteriores, de forma alguma. É importante demostrar que a demanda por serviços aumentou e hoje  conseguimos realizar mais atendimentos pois investimos constantemente no parque de máquinas. Em anos anteriores os gestores atendiam a demanda existente e nós estamos conseguindo também mesmo com o número de pedidos tendo aumentado consideravelmente. Estamos atendendo  o agricultor em no máximo uma semana após a realização do pedido do serviço. No início do ano, fomos obrigados a reajustar o valor da hora/máquina, mas mesmo assim o valor cobrado é muito abaixo do praticado no mercado. Com os descontos do Porteira Adentro, o agricultor vai pagar pela hora trabalhada com trator de Pneu equipado com implementos, R$ 40 por exemplo. A prova de que a hora máquina é barata e o incentivo é importante para o agricultor, é justamente os números que mostram que a demanda por serviços aumentou em comparação aos anos anteriores. ”, ressalta o Secretário. Graciano também atribuiu o número alto de atendimentos, a eficiência da equipe de operadores da Secretaria. “Por mais que temos equipamentos melhores, só é possível esse número alto de atendimentos por conta da equipe de operadores que temos que é muito focada. A Secretaria de agricultura não se resume ao Secretário e nem muito menos os equipamentos que possui, quem realiza os atendimentos e merecem os parabéns são todos os servidores da pasta. Temos que pedir também a compreensão dos agricultores, pois trabalhamos com um quadro de funcionários bastante reduzido na área administrativa, mas mesmo assim, os servidores conseguem atender a demanda. ”, finaliza.

Marcelo Graciani também falou aos vereadores sobre a importante viagem que fez a Missal, PR, juntamente com um grupo de Secretários de Agricultura da Região da AMOSC.  O objetivo da viagem, foi conhecer um sistema de feiras dos pequenos produtores rurais, que expõem seus produtos à venda para o consumidor. Esta visita serviu para a troca de informações com o Município, sendo de suma importância para os Municípios que integram o CIDEMA, com objetivo de modernizar o Mercado Público Regional em Chapecó-SC. Onde os produtores rurais da região, possam também oferecer produtos de origem animal e vegetal, fazendo desta oportunidade uma maior agregação de valor, renda, inclusão, geração de empregos, qualidade de vida e com isso, disponibilizando alimentos saudáveis à população. 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar