Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


ÔNIBUS LILÁS OFERECE ASSISTÊNCIA JURÍDICA E PSICOLÓGICA PARA MULHERES DE CORDILHEIRA ALTA

Publicado em 07/07/2017 às 11:20 - Atualizado em 07/07/2017 às 11:21

Na tarde desta quinta-feira (6), O CRAS de Cordilheira Alta, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Regional de Chapecó ( ADR ), Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, UNOCHAPECÓ e Polícia Militar, promoveram a chegada do “Ônibus Lilás” no município, que é a unidade móvel do programa estadual Viver sem Violência. Foi proporcionado às mulheres cordilheiraltenses um evento único, voltado para a prevenção e o combate à violência doméstica, com debates em torno dos direitos femininos. O evento que ocorreu no distrito de Fernando Machado, teve abertura com a participação dos Policiais Militares do “Programa Guardiões Maria da Penha”, que fizeram a explanação dos trabalhos da guarnição, se colocando também a disposição das mulheres do município . O programa, que é da  PM de Chapecó, visa coibir as ocorrências de violência doméstica através da fiscalização do cumprimento de medidas protetivas e atenção constante as mulheres em situação de vulnerabilidade.

A UNOCHAPECÓ, através de seu escritório Sócio Jurídico,  disponibilizou profissionais e estagiários que apresentaram uma palestra onde foram demonstradas diversas situações reais de violência contra a mulher e principalmente uma explanação prática quanto aos direitos femininos. Estiveram presentes a Assistente Social Monica Alice Noesch de Farias, a Advogada Mariza Koncikoski, o psicólogo Paulo e a estagiária de direito Ana Caroline Pires de Castro. Após a palestra, a Assistente Social e a Advogada da UNOCHAPECÓ realizaram atendimentos individualizados no ônibus Lilás, que é equipado com salas reservadas e estrutura adequada para tais atendimentos.  

Também participou do evento, toda a equipe multidisciplinar do CRAS de Cordilheira Alta, além do Secretário de Saúde e Assistência Social Alceu Mazzioni, Secretária de Educação Katia Ana Di Domenico, vice-prefeito municipal Altemir Pederssetti,  e o prefeito municipal Carlos Alberto Tozzo, acompanhado da primeira dama Nádia.

A assistente Social do CRAS de Cordilheira Alta, Márcia Boff, ressalta a importância da disseminação da informação. “Este tipo de evento é muito importante, pois é mais uma oportunidade de disseminar no universo feminino, o conhecimento quanto às leis que amparam as mulheres vítimas de violência. São vários os tipos de violência praticadas contra as mulheres, não são apenas físicas, mas sim psicológica, emocional, domestica entre outras.  Nós fizemos isso no dia a dia do CRAS, mas é sempre muito bom contar com a colaboração de outros profissionais, como os que estiveram em Cordilheira Ata nesta quinta-feira. A violência contra a mulher precisa ser combatida, e é com as próprias mulheres conhecendo seus direitos e confiando nos órgãos que estão aqui para ajuda-las que poderemos mudar esta triste realidade, que infelizmente ainda acontece nas nossas famílias”, finalizou. 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar