Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeito de Cordilheira Alta avalia viagem à Brasília

Publicado em 10/02/2017 às 10:43 - Atualizado em 10/02/2017 às 10:43

Prefeito Carlos Alberto Tozzo (Picasso)  volta de Brasília otimista com a expectativa de retomada do crescimento da economia no Brasil. Picasso visitou parlamentares e ministros onde protocolou projetos na busca de recursos. “Temos que ter pés no chão com relação á recursos para infraestrutura e cuidar bem das necessidades básicas do município”, diz Picasso.

O prefeito Municipal de Cordilheira Alta, Carlos Alberto Tozzo (Picasso) voltou de sua primeira viagem oficial à Brasília, otimista pela receptividade dos deputados e senadores catarinenses e pelas perspectivas de retomada do crescimento da economia nacional. Segundo Picasso,  a busca de recursos é um trabalho minucioso e de persistência, pois a maioria dos prefeitos do Brasil procuram os seus representantes neste período que é de início de mandato. “A nossa viagem à Brasília foi bastante proveitosa, visitamos a maioria dos deputados que representam a nossa região, Mauro Mariani, Celso Maldaner, e Valdir Colatto do PMDB, Espiridião Amim, PP,  Jorginho Mello, PR,  Marco Tebaldi e Geovania de Sá PSDB, Pedro Uczai, PT e os três senadores catarinenses, Dário Berguer, Dalírio Beber e Paulo Bauer. Protocolamos projetos nos ministérios mas sabemos que não é tão fácil, pois além de mim, existe um batalhão de prefeitos lá em Brasília também pedindo recursos para os seus municípios, porém acredito que aqueles que se antecipam e tem bons projetos podem ter seus pedidos atendidos com mais rapidez. Temos que ter os pés no chão e entender que a situação não é tão boa no momento, temos que fazer as coisas certas e aguardar”, pondera. O prefeito comenta sobre as perspectivas de volta do crescimento da economia. “O que mais me animou e me deixou esperançoso nas conversas com ministros e parlamentares, é a previsão de que a partir de abril a economia comece a reaquecer. Os investidores de fora voltaram a acreditar no Brasil, os recursos estão voltando, então a tendência é de melhora a partir da metade de 2017. O Brasil é um dos maiores produtores de alimentos do mundo e é neste setor que o país precisa investir. O agronegócio é o que vai salvar o nosso país, a produção de grãos, produção de carne, é nisso que o governo espera criar vagas de emprego e a previsão é muito boa”, ressalta. A Saúde será o setor onde o governo federal deve realizar os principais investimentos, o que foi festejado pelo prefeito de Cordilheira Alta. “Na saúde vai acontecer o maior investimento do governo e isso é muito importante. A saúde é prioridade de qualquer prefeito e as verbas dos deputados serão maiores para este setor o que nos tranquiliza bastante. Com relação às grandes obras de infraestrutura que tanto queremos, temos que aguardar, é assim que funciona. O que temos que fazer é cuidar bem da nossa Educação, da nossa Saúde, nossa Agricultura e da água principalmente que é uma grande preocupação da nossa Administração”, ressalta.

Abastecimento de água é prioridade

Com relação ao abastecimento de Água, o prefeito contatou os responsáveis tão logo chegou de Brasília para reforçar a cobrança em torno da prioridade que deve ser dada ao setor. “Já cobrei isso dos meus secretários e vou reforçar: a água tem que ser prioridade. Se ocorrer algum problema com a água, qualquer outro serviço de menor importância tem que ser deixado de lado. O atendimento ao Ser Humano vem em primeiro lugar, depois vem a recuperação das estradas, o maquinário ou qualquer outra coisa”, finaliza.